quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Nick Walker, mestre do stencil








Surgiu na revulsiva cena artística de Bristol, na Inglaterra de Margaret Thatcher do começo dos anos oitenta. Os graffitis provocadores do britânico Nick Walker foram da rua para os museus. Especializou-se na técnica do stencil e embora suas obras já são vendidas por fortunas, ele continua realizando intervenções -as vezes modificando as próprias obras na linha da arte evolutiva- e deixando sua marca na arte de rua, como ele gosta, à beira do vandalismo.

Moona Lisa, intervenção em rua de Los Angeles (2007) e The morning after, obras de Nick Walker

2 comentários:

requeri disse...

nick walker, maravilha!!! pq música e cinema combinam muito com a estética da imagem estática e eu adoro andy warhol e nick walker ... vai valer menção honrosa no rebloggando.

então, eu sou mais parcimoniosa e adoro todos, com uma quedinha pro touro e pra lata de lixo, seres tão marginalizados ... an other cup é a reinvenção da magia do felino ... um tigre que virou gato ... beijo.

Bernardo Guimarães disse...

La Bunda Lisa está sensacional!