terça-feira, 18 de novembro de 2008

Peter Zokosky (Postagem 700)


É sempre inquietante a obra do artista plástico estadounidense Peter Zokosky. As pinturas dele revelam um olhar contemplativo sobre a humanidade, o passar do tempo e o mundo em que vivemos. Músculos e ossos se repetem com afã interrogativo e uma curiosidade de criança querendo saber de que coisa fomos feitos. Suas séries de macacos seguem a mesma trajetória de busca da origem. O trabalho de Zokosky, na sua aparente ausência de posição, é de uma beleza comovente.

Esta é a postagem 700 do Nemvem Quenaotem. Lembrei da particular versão de As três Graças de Zokosky também para agradecer a todos os que vieram e vêm aqui passar uns instantinhos, apesar das instabilidades emocionais do Google.
Em uma postagem, anterior a mesma alegoria sob o olhar de Rafaello Sanzio. Sejam as graças para todos vocês.

Reprodução de The Three Graces, óleo de Peter Zokosky

6 comentários:

blogdocatarino.com disse...

Parabéns pelo excelente número alcançado.

Daniela Figueiredo disse...

Juan, 700 postagens!!!! Parabéns,mesmo. Eu ainda estou engatinhando nessa história de blog. Muito sucesso, que continues inspirado e nos alegrando com tuas postagens.
Beijos.

Perfume de Afrodite disse...

Interessante o seu blog, sempre tem alguma coisa que pra mim é nova. Terei que vir aqui mais vezes pra aprender um poucomais sobre arte. Gostei do trabalho de Zokosky. Beijos, Juan!

Bernardo Guimarães disse...

Belo numero, o 700! só vc mesmo. e vou continuar acompanhando pra aprender mais e mais. Este artista ( interessantissimo trabalho), eu não conhecia. valeu por mais esta. abr.

Teka disse...

Oi Juan, 700 é excelente mas ... queremos mais!!!

:D

Escreva sempre, beijo beijo!

Luiz Antonio André disse...

Parbéns pela postagem e pelo 700.

Abraços