sábado, 3 de janeiro de 2009

J.D. Salinger faz noventa no mistério


Um capricorniano célebre que ficou fora do album e da lista publicados aqui uns dias atrás, o escritor estadounidense Jerome D. Salinger, completou no dia primeiro 90 anos.
Como Greta Garbo e outros artistas reconhecidos que no zênite da fama resolveram sair dos holofotes, o autor do romance O apanhador no campo de centeio está recluído na sua casa rural de New Hampshire há quase cinqüenta anos. O silêncio do escritor, que não concede uma entrevista desde 1980, não fez mais do que alimentar o mistério em volta da figura dele.
Tratando-se de um nome tão emblemático da literatura dos Estados Unidos, inúmeras histórias até hoje são tecidas ao redor dele. Sua filha Margaret publicou um livro de confissões onde arrasa com a imagem do pai, e Joyce Maynard, antiga amante dele, trinta anos mais nova, não fez por menos no seu livro Minha verdade.
O que se sabe ao certo é que Salinger, se escrever, não publica; consagrou-se ao budismo e continua detestando críticos literários e editores.
No entanto, O apanhador no campo de centeio, que através das aventuras de um adolescente em Nova York desenha um retrato único da perda da inocência, ainda vende a cada ano 250.000 exemplares.

Foto de J.D. Salinger em 1951, de Lotte Jacobi

7 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

Pensei que somente os sexagenários houvessem lido o apanhador. Mas deve ser o máximo a pessoa conseguir viver recolhida.

Renata Belmonte disse...

Obrigada, Juan. Desejo o mesmo para você.
Abraços,
Renata

Renata Belmonte disse...

PS: Adoro O Apanhador, o Salinger é genial.

Luciana disse...

Olá, Juan, eu pretendia ficar mais tempo fora da internet e do diHITT, mas não resisti. Pelo menos os amigos, vou continuar seguindo e visitando. Este livro a que vc se refere, ainda não li,mas tenho curiosidade em ler. Vai pra minha lista de espera. Pessoas famosas que se enclausuram ainda no auge da fama sempre acabam aguçando muito a nossa curiosidade.
Beijos, meu amigo!

cavazoni disse...

ola juan, gostei muito do teu blog... O apanhador no campo de centeio é um classico...muito bom mesmo

Moderna Lapa Retrô disse...

Saudades do seu blog! Agora que estou de volta...
Feliz 2009!!!
Bjokas!

Juan Trasmonte disse...

Maria, já está vendo que tem um monte de gente nova lendo esse livro.
Obrigado a todos. Seja bem-vindo Cavazoni, a casa é sua.
Roberta! Que bom te ver de novo por aqui.
Lu, vejo que teu enclausuramento não aguentou muito, não rss
Beijos