domingo, 25 de janeiro de 2009

El Cher vive!



E só como para tirar um sorriso nessa tarde tristonha, deixo aqui a criação de 2002 do designer inglês Scott King. Involuntária ou não, uma metáfora da antropofagia pop que deglutiu ao Che Guevara.

Reprodução de Pink Cher, de Scott King

Um comentário:

rebloggando-requeri disse...

adorei!!! cher e che .... beijo.