quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Para a vida inteira


O seu amor não era
para a vida inteira

agora vale tudo agora
tremedeira bebedeira
carnaval já era quarta-feira
fim de noite quinta-feira
fim de feira
porque

o seu amor não era
para a vida inteira.

Para a vida inteira, de Juan Trasmonte (Creative Commons)
Foto de Yves G. Noir

3 comentários:

Carolina Z disse...

Bravo!!
:)

Tâmara disse...

Nada é para sempre. E o amor, que seja eterno enquanto dure!
Bjos!

Bia Alves disse...

Meus amores sempre foram e continuarão sendo para a vida inteira. As vezes a vida só dura 24 horas.