quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Borges detestava Gardel e amava Pink Floyd


O motivo da entrevista era mais uma das tantas exposições, mostras e palestras que têm como objeto a obra e a vida do escritor Jorge Luis Borges. A viúva dele, María Kodama, para uns foi literalmente os olhos do mestre nos últimos tempos e para outros foi o capeta, especialmente aqueles que gostam de sublinhar as lendas com juízos fatais, do tipo Yoko Ono acabou com os Beatles.
O certo é que María cuida da obra e do legado dele e é a voz da sua memória. Tanto que ainda a gente descobre coisas insólitas, brincadeiras e provocações daquelas que o escritor adorava.
Em entrevista à BBC de Londres, Kodama confirma que ele detestava Carlos Gardel, que achava que o cantor tinha estragado o belo tango da velha guarda. Mas como tango e malandragem eram assuntos comuns nas conversas dele a declaração foi só uma constatação. Mas a notícia é que Borges adorava Pink Floyd e que freqüentemente pedia que ela colocasse The Wall.
O universo onírico do grupo inglês cativou também ao criador do Aleph.
Na mesma entrevista, María Kodama diz que Borges, além de Brahms, Bach e a música da Idade Média, também gostava de um som dos Beatles e dos Rolling Stones.

Foto de Jorge Luis Borges de Sara Facio

8 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

Tenho um livro de Sara Facio. Grande fotógrafa argentina.
Adoro fotos onde aparecem livros.

mara* disse...

Martin Scorsese também era macaco de auditório dos Rolling Stones, só não sei se amava os besouros.

mara* disse...

Ah! Quanto a mim, já fiz as minhas recomendações aos meus filhos, na minha cremação quero descer as escadarias ouvindo 'Us and Them', mesmo acariciada pelo fogo, não vou deixar de me arrepiar com os solos de saxofone.

Bia Alves disse...

Esse tipo de reveleção nos aproxima dos mitos. Jamais serei um mas peço aos que falarem de mim "quando eu me chamar saudade" que eu esganiçava a voz ao cantar "vc é luz, é raio, estrela e luar... meu iaiá, meu ioiô..." rsrsrsrsrsrs
E tb que, apesar de brasileira, detesto bossa nova.
Bia Alves.

Juan Trasmonte disse...

Esses comentários seus são maravilhosos!

Maria: A Sara Facio é ótima mesmo, só com as séries de Borges e Cortázar ela ganhou o céu.

Mara: Adorei esse "mesmo acariciada pelo fogo" rsss, quer dizer que vc não vai pro céu com a fotógrafa Sara Facio.

Tia Bia!!: Ainda vou fazer muitas postagens sobre bossa nova, só pra chatear rsss Mas no meu gurufim eu também vou querer um bom sambão.

Obrigado a todos pelas visitas e o carinho.

Anônimo disse...

Hummmmmmmmmmmm Perdoo se rolar um "Fuscão Preto" de lambuja. To em fase brega e ninguém tá me aguentando!
Bia Alves

Jorge C. Reis disse...

Tem um mimo para ti no meu blog.
Abraço
Jorge

Mara* disse...

Deixo para Sara a chatice dos louvores, prefiro os pecados e um drink no inferno, mesmo porque, descer é mais fácil, até os santos ajudam.