quarta-feira, 6 de maio de 2009

Sammy Davis Jr.: O feio mais bonito



Eu sei que sou tremendamente feio, um dos homens mais feios que se possa imaginar, mas a feiúra, quanto a beleza é algo que tem que se aprender a usar. Por toda minha vida resisti a tentação de ser um pouco menos feio, de fazer ajeitar meu nariz, por exemplo.
Minha estrutura óssea é boa, a linha do meu queixo é bonita, meus pômulos são bonitos, meu corpo é proporcionado. Talvez, se eu tivesse reparado o meu nariz, eu seria até aceitável.
Sim, eu sou convicto de que um homem realmente feio, afinal, acaba sendo atrativo. Um homem que não é nem uma coisa nem a outra, passa despercebido, ninguém olha para ele duas vezes.
A respeito do meu olho, enfim, o óptico fez um trabalho tão bom que fica difícil diferenciar o olho falso do verdadeiro. Dá mais a impressão de que tenho uma piscada de que eu sou caolho. Olhe minha pálpebra, veja como ela está firme. É uma obra prima. E quer saber de uma coisa? Eu enxergo muito mais agora que tenho um olho só do que antes, quando tinha os dois.
Com meu único olho descobri um monte de coisas: o judaismo, por exemplo. Com meu único olho encontrei minha esposa e casei com ela. Com meu único olho eu a fiz mãe dos nossos filhos: eu tão negro e ela tão branca; eu tão feio e ela tão formosa. Meu Deus, você não acha extraordinária a minha maravilhosa esposa? Olhe que mulher! Olhe pra ela!
Eu consegui com um olho só. Com um olho! E ela não está nem um pouco preocupada com isso, não. Nem um pouco.

Fragmento de entrevista do ator, cantor e bailarino Sammy Davis Jr. com a jornalista italiana Oriana Fallaci, em 1964.
Nessa entrevista, o grande Sammy respondeu com muito humor e elegância infinita uma bateria de perguntas do teor de "O senhor não pensou na responsabilidade de trazer ao mundo crianças que não serão nem brancas nem negras?" ou "Eu ouvi dizer que o senhor prefere estar com brancos antes que com negros"


Faça uma pausa, veja o "feio" ao vivo, na Holanda, em 1967
Foto de Sammy Davis Jr de Herb Snitzer

3 comentários:

Lafayette Hohagen disse...

No palco cantando ,dançando tocando ...era lindo , maravilhoso!!

Bernardo Guimarães disse...

não esqueço o Sammy cantando o hino de Parador ( Luar sobre Parador). Impagável!

mara* disse...

Nunca gostei da turma do Rat-Pack.