sábado, 16 de fevereiro de 2008

Profanos


Vamos comprar queijo.
Pegamos trem.
Damos voltas ao quarteirão
pra passeiar o cachorro.
Lemos jornal.
Bebemos água com cloro.
Cantamos o hino nacional
nas cerimônias da escola.
Escolhemos um lençol
da pilha perfumada.
Andamos em círculos.
Levamos tombos.
Não sabemos para qué,
não sabemos para quem
vivemos.

Profanos, de Juan Trasmonte (Creative Commons)
Na belíssima foto de Jaro Muñoz, uma mulher passeia seu cachorro com o fundo dos pinheiros incendiados em Conil de la Frontera, Cádiz, Espanha. A cena é de julho de 2006

3 comentários:

jaro disse...

Gracias por tu comentario de mi foto, continúa en esa linea. Un abrazo. Jaro Muñoz.

Juan Trasmonte disse...

Soy yo quien te agradece, Jaro, por la foto y la visita.
Un abrazo

jaro disse...

Los fotógrafos caminamos a tientas como los ciegos y queremos tocarlo todo con un dedo.